balanço energetico
Você ainda não encontrou o seu balanço energético? Aprenda como fazê-lo!
setembro 1, 2016
mitos-e-verdades-em-torno-da-utilizacao-do-oleo-de-coco
Mitos e verdades em torno da utilização do óleo de coco
setembro 16, 2016
Exibir tudo

Perdi 63 kg em 6 meses, sem cirurgia e sem remédios

perdi-63kg-em-6-meses

Emagrecer, ter uma alimentação equilibrada e uma vida mais saudável. Que pessoa bem acima do peso nunca pensou nisso ou até mesmo compartilhou esse pensamento com os familiares e amigos?

Quem tem esse problema sabe que é comum ouvir as pessoas dizendo: Não emagrece porque não quer, é só parar de comer e pronto!

Mas eu sabia que não era apenas isso que fazia a pessoa se decidir e se empenhar em emagrecer. Havia algo a mais que eu, Gabriel Firjam, com 144 quilos e 26 anos, não conseguia enxergar.

– Meus primeiros passos

Eu sempre fui uma pessoa alegre. Um jovem com amigos. Ao meu lado todos se divertem e a risada é garantida. Eu lidava bem com as “piadinhas” sobre gordinhos. Se eu sofria preconceito, levava como brincadeira.

Mas não posso negar, eu tinha muitas dificuldades no meu dia a dia e isso começou a me incomodar, principalmente na transição da adolescência para a vida adulta.

Lembro-me que não gostava de ir comprar roupas, pois nunca achava nada no meu tamanho. Isso era horrível. Apesar do sobrepeso, eu nunca tive um problema grave de saúde relacionado a obesidade. Ao contrário da minha avó paterna, que sofreu durante toda a vida com a obesidade e diabetes.

Com o passar do tempo, comecei a perceber que o meu peso estava me incomodando. Eu já deixava de realizar algumas atividades rotineiras e era a hora de tomar uma atitude, apenas não sabia qual.

– O começo do recomeço

Decidi que precisava dar um ponto final e tinha que emagrecer, pois não aguentava mais ser assim, as dificuldades já estavam ultrapassando os limites e eu já não estava me sentindo bem comigo mesmo.

Minha família sempre me apoiou e quando foquei em emagrecer não foi diferente, havia neles uma expectativa em forma de cobrança que acabou me ajudando.
Foi um momento bem difícil da minha vida.

Eu tentei emagrecer sozinho, sem êxito. Pensei até em intervenção cirúrgica.

Mas o destino reservava para mim algo que mudaria a minha vida completamente.

Um amigo, sabendo da minha vontade de perder peso, me apresentou o Spa Grand Village, localizado em Itaipava, Rio de Janeiro.

Decidi então tentar mais essa alternativa. Logo na primeira semana no SPA comecei a notar resultados significativos.

Eu estava empenhado em alcançar meu objetivo e a vida dura de “spaziano” não me assustava. Acordava nos primeiros raios de sol. Dieta, dieta e dieta, 24 horas por dia! Os exercícios eram diários e a cada gota de suor que eu derramava tinha certeza de que estava valendo a pena.

Meu sentimento, que antes era de tristeza por não conseguir alcançar meu objetivo, se transformou em uma imensa satisfação. Cada grama eliminada, uma sensação inexplicável e emocionante tomava conta de mim. E a cada dificuldade que eu encontrava no programa do SPA, eu as revertia em motivação!

A medida que o tempo passava, além de ver o meu objetivo mais próximo, eu conquistava novas amizades com os “spazianos” e com os colaboradores do SPA, que sempre estavam dispostos a nos ajudar e a nos motivar ainda mais!

– A pergunta que não quer calar: Conseguiu alcançar seu objetivo?

Sim, sim e sim! Minha meta era me sentir bem, mas com certeza superei todas as minhas expectativas.

 É muito satisfatório e emocionante! Nunca imaginei que iria conseguir eliminar 63 quilos, isso mesmo 63 quilos em apenas 6 meses. E o mais importante: emagreci com saúde!

 Hoje estou leve de corpo e alma.

 O emagrecimento mudou tudo na minha vida, desde um simples fato de amarrar o tênis, até a se sentir percebido por pessoas que eu achava que nunca me olharia. Me sinto um vencedor!

 – Gratidão que se tornou profissão

Quando digo que o SPA Grand Village mudou minha, não me refiro apenas a minha perca de peso. O clima alegre, a felicidade e a satisfação de ver o próximo atingindo seus resultados é viciante, além de me motivar ainda mais.

– Eu cheguei lá, você também pode!

A todos que buscam o mesmo objetivo eu deixo meu recado: o que se faz hoje se olhe amanhã. Sacrifícios são necessários.

Você vai ficar nervoso, vai querer desistir, mas se lembre que tudo irá mudar na sua vida, de uma forma inexplicável! Não se acanhe, você também merece viver tudo isso!